terça-feira, 25 de dezembro de 2012

As Avaliações de Desempenho (Escala Gráfica)

Bem, ficamos alguns dias sem atualização por causa das festa de fim de ano, mas já voltamos, e voltamos falando de avaliação de desempenho.

Existem diversos tipos de Avaliação de Desempenho, cada uma delas tem suas características, seus pontos fortes e seus pontos fracos e a escolha da avaliação mais adequada depende destes fatores.

Por serem muitas, postaremos todas elas em posts diferentes e começaremos pela mais conhecida, a Escala Gráfica.

Este tipo de avaliação utiliza um formulário entrada dupla (dois eixos) e avalia o desempenho passado das pessoas por meio de fatores de avaliação previamente definidos, proporcionando fácil retroação de dados ao avaliado.

A  Escala Gráfica é a mais conhecida por ser a mais utilizada e a maioria das organizações a utilizam como o único método de avaliação. Um dos motivos para o seu "sucesso" está relacionado ao fato de ser simples e de fácil planejamento e construção.

Este método também evita muitos erros comuns de avaliação por causa da sua facilidade de compreensão e utilização, embora propicie a superficialidade e subjetividades na avaliação e, como consequência, a produção do efeito halo (veja os erros de avaliação aqui).

Apesar de apresentar limitação dos fatores de avaliação, por funcionar como um sistema fechado, pecando pela categorização e homogeneização das características individuais, permite a visão global do resultado dos avaliados.

Abaixo segue um exemplo da Escala Gráfica!


E logo a seguir um resumo dos prós e contras

Prós:
  • Fácil de planejamento e construção da avaliação. 
  • Fácil retroação de dados ao avaliado. 
  • Simplicidade e facilidade de compreensão e de utilização. 
  • Possibilita a visão global dos fatores de avaliação envolvidos. 
  • Possibilita comparação dos resultados de vários funcionários. 

Contras:
  • Avalia apenas o desempenho passado.
  • Funciona como um sistema fechado. 
  • Superficial e subjetivo
  • Produz efeito halo
  • Peca pela categorização e homogeneização das características individuais. 
  • Pouca ou nenhuma participação ativa do funcionário avaliado. 

Espero ter ajudado!

Bos festas e Feliz Ano Novo!

Não deixe de curtir o Blog aí ao lado!
Gostou? Então divulgue!

12 comentários:

  1. Muito bom mesmo, esclareceu demais.
    Obrigado

    ResponderExcluir
  2. Muuuito obrigada!!
    ajudou muito!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei me ajudou muito.

    ResponderExcluir
  4. gostaria de mais informações...

    ResponderExcluir
  5. Muito bom! Caiu uma questão sobre isso em um concurso da UFRN que fiz ontem!

    ResponderExcluir
  6. tem algum fundamento dizer que esse método de escalas gráficas teria ausência de preocupação com os aspectos normais de desempenho?

    ResponderExcluir